Lesões Musculares

A lesão muscular é a maior causa de lesão esportiva que acarreta o afastamento temporário da prática de atividade física. Trata-se de uma lesão associada a fatores predisponentes como falta de aquecimento, alongamento e nutrição adequados, excesso de treinamento ou erro de técnica de treinamento ou podem simplesmente estar associados a traumas diretos ou indiretos, quando o alongamento passivo da fibra muscular excede a sua capacidade de deformação elástica e plástica.

A lesão costuma se apresentar como uma fisgada aguda associada a sensação de contração intensa da musculatura. Em um primeiro momento, deve-se iniciar o tratamento com gelo, retirada da carga no membro acometido, imobilização e elevação da extremidade. Assim que um diagnóstico mais preciso e quantificado da lesão for obtido, o que se pode conseguir com um exame físico adequado e exames subsidiários como ultrassonografia ou ressonância magnética, dependendo da necessidade, podemos iniciar o tratamento mais objetivo.

 

O tratamento deverá ser individualizado, ou seja, dependendo do músculo ou grupo muscular acometido, atividade do paciente ou atleta, grau de lesão, etc… Dependendo da musculatura lesada, pode-se iniciar reabilitação precoce com exercícios isométricos, e dependendo do grau de lesão, pode-se iniciar alongamento passivo para propiciar processo de cicatrização direcionando o processo de remodelamento de acordo com a função da fibra muscular. Cada caso deve ser avaliado pelo ortopedista e tratado por fisioterapeuta experiente na reabilitação esportiva.

Normalmente, as lesões musculares, quando tratadas corretamente, evoluem de forma benigna, estando o paciente apto ao retorno às suas atividades esportivas e diárias após o período de tratamento. É sempre importante lembrar o papel da prevenção de lesões na atividade física, sendo fundamental processo de aquecimento e desaquecimento muscular e alongamentos antes e após a atividade física. Estudos mostram que após a realização de atividade física mais intensa, existe a necessidade de manter uma atividade física mais leve e aeróbica para que as toxinas produzidas pelo metabolismo muscular sejam drenadas e diminuam o potencial de risco para lesão muscular.

No Comments

Post A Comment

WhatsApp Agende via WhatsApp